segunda-feira, 6 de junho de 2016

Após chuvas, barragem de Arcoverde sai do colapso

(por Jorge Cosme-LeiaJá) (Divulgação/Compesa)
A Barragem Riacho do Pau, em Arcoverde, no Sertão de Pernambuco, após dois anos e um mês de colapso, armazenou água de chuva e chegou a 5,75% da sua capacidade total, que é de 16,8 milhões de metros cúbicos. Nas precipitações de maio, choveu 184 mm no município, sendo possível retomar o funcionamento da Estação de Tratamento de Água (ETA) de Arcoverde.

Com a retomada, vai ser possível reduzir o calendário de abastecimento da cidade no mês de junho para cinco dias com água e dez sem. Segundo a Companhia de Saneamento de Pernambuco (Compesa), com a falta de chuvas na região, o município estava sendo atendido apenas pela bateria de poços do Frutuoso, localizada no município de Ibimirim, com uma vazão de 100 litros de água por segundo. O regimento de abastecimento de Arcoverde era de quatro dias com água e 22 dias sem. 
A soma da produção dos poços e de Riacho do Pau permitiu incrementar a vazão em Arcoverde em 80 litros pó segundo, o que garantiu um aumento de 80% na produção hídrica para a cidade. A expectativa é que o ciclo chuvoso permaneça e que o novo calendário seja mantido nos próximos meses. Arcoverde é um dos principais polos juninos de Pernambuco.  (Link da postagem;http://www.leiaja.com/noticias/2016/06/06/apos-chuvas-barragem-de-arcoverde-sai-do-colapso/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial