sábado, 6 de agosto de 2016

Padre condenado duas vezes por estupro é preso em SC

 FONTE: Estadão Conteúdo via Uol)
Condenado em pelo menos dois processos por abuso sexual na cidade de Mariana, em Minas Gerais, padre Bonifácio Buzzi, 57, foi preso na manhã desta sexta-feira (5), em Barra Velha, litoral Norte de Santa Catarina, por novas acusações de abusos contra duas novas vítimas na cidade mineira de Três Corações. A prisão envolveu policiais civis dos dois estados.  Buzzi é o único padre brasileiro relacionado entre os casos que aparecem no filme "Spotlight", vencedor do Oscar deste ano, que conta a história real de um escândalo apurado pela equipe de jornalistas do jornal "The Boston Globe".
Condenado pela primeira vez em 1995 por abusar de dois meninos, de 5 e 11 anos, em Santa Bárbara (MG), o histórico do padre inclui idas e vindas à prisão e instituições psiquiátricas, diante das diversas manifestações da defesa sobre distúrbios psiquiátricos do padre. Em 2004, ele foi novamente condenado, por abusar de um adolescente de 15 anos em Mariana (MG), ficando até 2007 foragido. Ele cumpriu pena até 2015, quando decidiu retornar ao seu estado natal.   
Em 2012, conforme laudo de exame mental realizado pelo Centro de Apoio Médico e Pericial de Minas Gerais, Bonifácio Buzzi relatou histórico de abusos na família praticados pelo pai e irmão. Segundo as denúncias, Buzzi atraia adolescentes para dormirem com ele em sua casa.  Buzzi será encaminhado para a delegacia de Três Corações, onde vai prestar depoimento à Polícia Civil mineira. A Polícia Civil catarinense também ajudou na prisão.
A Mitra Diocesana de Joinville se manifestou por meio de nota, onde afirma que o padre estaria afastado dos trabalhos junto à comunidade e suspenso de atuar como padre: "Todo o processo está sendo feito pela Diocese de Mariana, em Minas Gerais. Sendo assim, Bonifácio não tem mais ligação com a Diocese de Joinville e residia sozinho no local onde foi preso, sem ligação com a comunidade", diz o comunicado.
O jornal O Estado de S. Paulo tentou contato com os advogados do padre, mas não obteve resposta.
http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia-estado/2016/08/05/padre-condenado-duas-vezes-por-estupro-e-preso-em-sc.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário