quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Adolescente confessa autoria de ataques racistas à filha de Bruno Gagliasso


Do UOL, no Rio

                                          (imagem: Marcela Ribeiro/UOL)
Uma adolescente de 14 anos confessou ser ser um dos autores das ofensas à filha do casal Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro nesta terça-feira (20).
Segundo a delegada Daniela Terra, titular da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) e coordenadora da Operação Gagliasso, dois mandados de busca e apreensão foram cumpridos na cidade de Guarulhos e um em Itaquaquecetuba, ambos em São Paulo.
Durante a operação, que teve o apoio do Departamento Geral de Polícia Especializada (DGPE), do Centro Integrado de Inteligência e Controle do Estado de São Paulo e do Grupo Armado de Repressão a Roubos (GARRA) da Polícia Civil de São Paulo, foram apreendidos celulares e sete pessoas foram conduzidas à delegacia para prestar esclarecimentos.
Entre as pessoas ouvidas está a adolescente de 14 anos, que afirmou ter criado um perfil falso em rede social para fazer as ofensas, "acreditando que assim ficaria impune", segundo nota da Polícia Civil.
A operação continua tentando identificar outros envolvidos no crime.

Nenhum comentário:

Postar um comentário