domingo, 26 de fevereiro de 2017

Repórter da GloboNews tem celular roubado durante transmissão do Galo da Madrugada

(Diário de pernambuco)

                                                  (Foto: GloboNews/Reprodução)
A repórter Wanessa Andrade, da GloboNews, teve o celular roubado durante as transmissões do Galo da Madrugada, neste sábado. Ela foi apresentadora do NETV 2ª edição, exibido à noite. "Na hora do empurra-empurra, da multidão passando junto da Frevioca, a gente se comunica por celular, eu consigo lhe ouvir, eu consigo ouvir a coordenação através do celular. Na hora em que eu estava fazendo a transmissão, alguém na multidão, não dá para saber quem, botou a mão dentro do meu short e levou o meu celular", narrou a jornalista.

O depoimento foi feito ao vivo, após reportagem sobre tumultos no Bloco da Favorita, no Rio de Janeiro, e antes de Wanessa introduzir o público a um trecho da apresentação de Marron Brasileiro com participação de Toni Garrido. "Mas até agora nenhuma confusão registrada por aqui. Foi aquela coisa mesmo da multidão, botaram a mão aqui e levaram. Eu nem vi quem foi. Agora vamos falar, vamos falar de carnaval, que está bonito o desfile do Galo da Madrugada", comentou ela, resignada, ao mudar de assunto. 

Neste ano, o desfile do Galo da Madrugada prestou homenagem aos cantores e compositores Alceu Valença e J.Michiles. O maior bloco de rua do mundo contou com 30 trios elétricos e proporcionou parcerias inéditas. O próprio Alceu, Gustavo Travassos, Geraldinho Lins, Almir Rouche - homenageado do carnaval do Recife -, Gaby Amarantos, Fafá de Belém, Joelma e Fulô de Mandacaru, Maestro Forró, Quinteto Violado e Maestro Spok foram alguns dos artistas que desfilaram pelas ruas do bairro de São José.

Nenhum comentário:

Postar um comentário