sexta-feira, 10 de março de 2017

Pai estupra filha lésbica para provar que “sexo é melhor com homem”

                                                                  (Pexels)
Um caso que aconteceu no Reino Unido, reportado pelo jornal The Sun, vem chocando pessoas do mundo inteiro. Um pai estuprou a própria filha para provar que “sexo com homem é melhor”, após ela contar que era homossexual.
O homem, que não pode ter seu nome divulgado para proteger a identidade das vítimas, também estuprou a filha mais nova, durante duas décadas de abuso sexual. 

Ele foi condenado a 21 anos de prisão na última sexta-feira (3), depois de ser considerado culpado por três estupros durante os anos 80 e 90, reportou o Coventry Telegraph. Ele havia dito que não era culpado das nove acusações que enfrentava no tribunal, mas acabou sendo condenado por 3 crimes.

A corte escutou que o homem de 54 anos atacou brutalmente sua filha de 16 anos, no final dos anos 90, depois que ela contou que estava “lutando contra sua identidade”.  “Quando ela se assumiu gay e resolveu te contar, você reagiu com raiva real e incontrolável e decidiu estuprá-la para mostrar que ela faria sexo melhor com um homem do que com uma mulher. A evidência faz a escuta angustiante”, afirmou.

“O estupro envolve degradação e humilhação. O ato demonstra sua hostilidade por ela ser lésbica”, disse o juiz  Andrew Lockhart. Além do tempo de cadeia, ele vai ser registrado como abusador sexual pelo resto da vida. Ele terá que cumpri pelo menos 2 terços da sentença, antes de ser considerado para liberdade condicional. informações  Redação Virgula.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial