sábado, 6 de maio de 2017

Jovem que ostentava nas redes após roubo a bancos recebe Bolsa Família



                                                     (REPRODUÇÃO)
Uma suspeita de fazer parte de uma quadrilha de assalto a banco em Mato Grosso foi presa na quinta-feira (4) em uma operação que deteve outras 11 pessoas. Lubia Camilla Pinheiro Gorgete recebe benefício do Bolsa Família desde 2015 - de acordo com o Portal da Transparência, nos últimos dois anos foram pouco mais de R$ 3,6 mil pagos a ela.

Segundo G1, os membros da quadrilha ostentavam com o dinheiro roubado, posando em viagens, carros de luxo e barcos. As fotos publicadas nas redes sociais acabaram levando suspeita e o grupo passou a ser investigado. 

Nesse ano, Lúbia sacou R$ 326 da Bolsa Família. Em 2015 e 2016, ela recebeu R$ 1,4 mil e R$ 1,8 mil, respectivamente.

Crime
Lúbia foi presa acusada de fazer parte de uma quadrilha que roubou ao menos 10 agências bancárias no Mato Grosso. Ela não tem ligação direta com os crimes, mas era envolvida com os assaltantes e aproveitava das viagens pagas com dinheiro roubado.

A quadrilha foi monitorada nos últimos seis meses. Nas redes sociais, os suspeitos exibiam uma vida de alto padrão, com carros, barcos de luxo, festas e passeios de helicóptero.

Apontado como líder, Gilberto Silva Brasil se chamava na internet de "Showman". Ele aparece em pontos turísticos no Rio e este ano no sambódromo, durante o Carnaval.

As investigações mostram que os ladrões chegavam aos cofres dos bancos através de imóveis vizinhos às agências. O bando quebrava as paredes, invadia o banco e desligava o sistema de alarme. Depois, seguia-se o roubo.

A Polícia Civil deflagrou a operação para cumprir 22 mandados de prisão preventiva e 14 mandados de busca e apreensão.  (Correio da Bahia com G1 MT)

Nenhum comentário:

Postar um comentário